FORTUNA CRÍTICA

WhatsApp Image 2022-09-10 at 11.00.17 (1).jpeg

MARCO LUCCHESI: PRÁTICAS DAS TRANSFORMAÇÕES SILENCIOSAS (2022)

Organizado pelas pesquisadoras Ana Maria Haddad Baptista e Judith Maria Zamith Cruz, a antologia de ensaios Marco Lucchesi: Práticas das Transformações Silecionsas é resultado de um ano de pesquisas e trabalhos realizados pelo grupo de pesquisa CNPq de mesmo nome, dedicado à literatura de Marco Lucchesi em suas variadas vertentes e liderado por Ana Maria Haddad Baptista. A pluralidade de Marco Lucchesi é ressaltada pela diversidade dos ensaios, que abrangem das correlações entre literatura e música às intimidades entre poesia, matemática, tradução, política e prática de leitura, asseguradas pelas fortitudes da educação e da cultura. A obra conta com textos dos pesquisadores Alexandre Marzullo, Clivia Cainelli, Cecilia Barbazia, Alexandra Fransoze, Kacianna Amorim, Viviane Barbosa, Dartagnhan Rodrigues e Silvana Gondim, e um texto introdutório da própria organizadora Ana Maria Haddad Baptista. Ilustrações de Omar Chamie. Disponível em formato e-book.

9786589867135.jpg

MARCO LUCCHESI: ESTRELA-POÉTICA-LABIRINTO (2021)

Marco Lucchesi: estrela-poética-labirinto é a mais completa coletânea de ensaios (alguns, revistos e ampliados) de Ana Maria Haddad Baptista sobre a obra do escritor, poeta, romancista, tradutor, filósofo e ensaísta Marco Lucchesi. Com uma literatura de topografia generosa e complexidade desafiante, digna de amplitudes e panteões, nos últimos anos Marco Lucchesi vem sendo objeto de um profundo recepcionamento crítico no Brasil, liderado principalmente pelos textos e movimentos da própria Ana M. Haddad Baptista; em tal panorama, o presente lançamento se autoriza, daqui para diante, como uma chave de leitura fundamental para a compreensão do universo poético lucchesiano. Marco Lucchesi: estrela-poética-labirinto foi publicado pela Tesseractum Editorial em versão impressa e em e-book, simultaneamente. O livro conta também com uma versão para língua inglesa, com tradução realizada por D’Artagnhan Rodrigues.

9786589867197_p0_v1_s550x406.jpg

MARCO LUCCHESI: STAR-POETICS-LABYRINTH (2021)

Marco Lucchesi: star-poetics-labyrinth é a versão em língua inglesa da obra Marco Lucchesi: estrela-poética-labirinto – a mais completa coletânea de ensaios (alguns, revistos e ampliados) de Ana Maria Haddad Baptista sobre a obra do escritor, poeta, romancista, tradutor, filósofo e ensaísta Marco Lucchesi. Com uma literatura de topografia generosa e complexidade desafiante, digna de amplitudes e panteões, nos últimos anos Marco Lucchesi vem sendo objeto de um profundo recepcionamento crítico no Brasil, liderado principalmente pelos textos e movimentos da própria Ana Maria Haddad Baptista; em tal panorama, o presente lançamento se autoriza, daqui para diante, como uma chave de leitura fundamental para a compreensão do vasto universo poético de Marco Lucchesi. Marco Lucchesi: star-poetics-labyrinth foi publicado pela Tesseractum Editorial em e-book; a tradução para a língua inglesa foi realizada por D’Artagnhan Rodrigues.

marco-lucchesi-literatura-e-matematica (1).jpg

MARCO LUCCHESI: LITERATURA E MATEMÁTICA (2021)

Na poética e na própria intimidade do pensamento de Marco Lucchesi, há uma natural confluência, conceitual e lírica, entre diversos campos – muitos dos quais, na realidade, frequentemente poderiam ser considerados como antinômicos pelo incauto observador. É o caso da conjunção Literatura-Matemática, cuja aptidão ilumina, harmonicamente, outros movimentos e publicações de Marco Lucchesi – basta notar seu livro de poemas Hinos Matemáticos (2016), bem como suas traduções dos poetas-matemáticos Eugène Guillevic (Euclidianas, 2013) e Ion Barbu (Margens da Noite, 2019), além dos capítulos dedicados ao tema em seus diversos diários filosóficos (Trívia, 2019; Vestígios, 2020; Arena Maris, 2021). Pois exatamente, este é o grande tema da antologia de ensaios Marco Lucchesi: Literatura e Matemática, organizada por Ricardo de Souza, que também contribui com delicadas ilustrações aos ensaios do poeta, e prefaciada conjuntamente por Ana Maria Haddad Baptista e Ubiratan D’Ambrosio. Marco Lucchesi: Literatura e Matemática foi publicado simultaneamente em versão impressa e em e-book pela Tesseractum Editorial, em 2021.

WhatsApp Image 2022-02-14 at 22.48.30.jpeg

INTERDISCIPLINARIEDADE: PAULO FREIRE E MARCO LUCCHESI (2021)

Em Interdisciplinariedade: Paulo Freire e Marco Lucchesi, a pesquisadora Silvana Monteiro Gondim discorre, a partir de um testemunho das semelhanças no pensamento interdisciplinar e educacional de Paulo Freire e Marco Lucchesi, sobre a importância de uma construção pedagógica dedicada à pluralidade, posto que dedicada à formação do indivíduo. Tal pluralidade, intrinsecamente poética, desvela horizontes políticos e éticos; e como se atesta tanto em Paulo Freire quanto em Marco Lucchesi, é na convergência, de fato, que habita o verdadeiramente humano.

1627646304.png

MARCO LUCCHESI E OS OLHOS DO DESERTO: A EXPERIÊNCIA POÉTICA DO CAMINHANTE (2019)

​​O ensaio da pesquisadora Débora Ramos concentra-se, com erudição e clareza, sobre as possibilidades de aprofundamento do belo memorial publicado por Marco Lucchesi em 2000, Os Olhos do Deserto. Em suas próprias palavras, "Marco Lucchesi e Os Olhos do Deserto: a experiência poética do caminhante empreende uma dupla viagem: a primeira é física, pelas altitudes do deserto oriental; a outra é interior, marcada pela sensibilidade e pelo dizer poético. (...) O narrador, em sua errância pelo deserto, vislumbra uma satisfação ascética pela imersão interior, capaz de reciclar os tradicionais cadernos de viagem que atravessam a literatura planetária.”

Em mais um brilhante ensaio sobre a poética de Marco Lucchesi, Débora Ramos concentra-se, aqui, no primeiro romance do escritor, o volume O Dom do Crime (2010). Por suas próprias palavras, "O Século XIX no XXI: A composição ficcional de Marco Lucchesi em O Dom do Crime investiga, a partir do romance O Dom do Crime, do escritor Marco Lucchesi, as relações entre história e ficção; as estratégias narrativas indicadas espontaneamente pelo diarista-narrador e as especificamente endereçadas a Dom Casmurro (1900, obra que despoleta o projeto ficcional de Lucchesi). O enlace dos dois livros é pauta da engenharia composicional proposta pelo romance do escritor contemporâneo e eixo em torno do qual questões teóricas, críticas e analíticas, mas também poéticas, filosóficas e científicas se desenrolam.”

2010101110-o-seculo-xix-no-xxi-a-composicao-ficcional-de-marco-lucchesi-em-o-dom-do-crime.

O SÉCULO XIX NO XXI: A COMPOSIÇÃO FICCIONAL DE MARCO LUCCHESI EM O DOM DO CRIME

CapaEstetica.jpg

MARCO LUCCHESI: A ESTÉTICA DO INTERDISCIPLINAR (2019)

Organizada por Ana Maria Haddad Baptista, Marco Lucchesi: Estética do Interdisciplinar é uma coletânea de ensaios de autores diversos, oriundos dos mais distintos campos do saber, reunidos, todavia, pelo ímpeto e fascínio diante do corpo de obras lucchesiano. Nas palavras de sua organizadora, a antologia tem o objetivo de “mostrar aos leitores, de forma fundamentada, a riqueza literária de um escritor brasileiro contemporâneo, que se destaca, inclusive no exterior, não somente pela erudição e poeticidade. Transita com originalidade pelos mais variados gêneros, literários e outros registros, para nos valer de uma terminologia inexata, mas que nos aproxima da habitual inventividade proposta e sonhada por Marco Lucchesi.” Marco Lucchesi: Estética do Interdisciplinar reúne textos de Sônia Albano de Lima, Carminda Mendes André, Clóvis da Rolt, Luciano Fiscina, Karine Simoni, José Eduardo L. F. Ferreira, Joel Rosa de Almeida, Júlio César Augusto do Valle, Ricardo de Souza, Karla Roberta Brandão de Oliveira, Shirley Aparecida Alves Tarzia e Débora Ramos.

61x4r3EevmL.jpg

MARCO LUCCHESI: ENSAIOS ESCOLHIDOS - META-ENSAIOS (2019)

Organizado por Ana Maria Haddad Baptista, Márcia Fusaro e Verônica Lessa, Marco Lucchesi: Ensaios Escolhidos – meta-ensaios acolhe, a partir da premiada ensaística de Marco Lucchesi, uma seleção de suas inquietações poéticas, metafisicas e transliterarias; a cada texto, entra em jogo, principalmente, sua própria concepção do devir literário e criativo como uma poiesis de si mesmo, muito embora sempre generosamente direcionada para o diálogo e pela convergência – significantes que possibilitam o “eu-tu” em seu mais alto grau, qual seja, o manifesto maravilhoso do viver em sua dimensão mais poética, e exatamente por isso, absolutamente verdadeira.

41tXteyvXlL._SX342_SY445_QL70_ML2_.jpg

ESTÉTICA DO LABIRINTO: A POÉTICA DE MARCO LUCCHESI (2018)

Organizado pelas pesquisadoras Ana Maria Haddad Baptista, Márcia Fusaro e Nádia Lauriti, a antologia de ensaios Estética do Labirinto: a poética de Marco Lucchesi reúne textos críticos produzidos por diversos autores, do Brasil e do exterior, a partir do universo literário transdisciplinar aspectos de Marco Lucchesi. A coletânea destaca o conceito-chave "estética do labirinto" que preside as obras do autor; nas palavras de Ana Maria Haddad Baptista, “Marco Lucchesi possui um conjunto extenso de obras. De uma pluralidade onde o conceito de gênero e interdisciplinaridade, uma vez mais, deveriam ser repensados seriamente. Ensaios, poemas, romances, traduções, textos jornalísticos, projetos experimentais (...). Labiríntico, o percurso poético de Lucchesi não se perfaz em linhas de sucessões, mas por cintilações desestabilizadoras. Não há uma direção a seguir. Estética do Labirinto. Lucchesi compreende a formulação poética enquanto um pensamento que se deve dizer. Mas não desenvolver. O inacabado. A incompletude." Estética do Labirinto: a poética de Marco Lucchesi foi lançado em e-book pela editora BT Acadêmica, e em versão impressa, pela Editora Patuá.

Organizado pelas pesquisadoras Ana Maria Haddad Baptista, Márcia Fusaro e Nádia Lauriti, a antologia de ensaios Estética do Labirinto: a poética de Marco Lucchesi reúne textos críticos produzidos por diversos autores, do Brasil e do exterior, a partir do universo literário transdisciplinar aspectos de Marco Lucchesi. A coletânea destaca o conceito-chave "estética do labirinto" que preside as obras do autor; nas palavras de Ana Maria Haddad Baptista, “Marco Lucchesi possui um conjunto extenso de obras. De uma pluralidade onde o conceito de gênero e interdisciplinaridade, uma vez mais, deveriam ser repensados seriamente. Ensaios, poemas, romances, traduções, textos jornalísticos, projetos experimentais (...). Labiríntico, o percurso poético de Lucchesi não se perfaz em linhas de sucessões, mas por cintilações desestabilizadoras. Não há uma direção a seguir. Estética do Labirinto. Lucchesi compreende a formulação poética enquanto um pensamento que se deve dizer. Mas não desenvolver. O inacabado. A incompletude." Estética do Labirinto: a poética de Marco Lucchesi foi lançado em e-book pela editora BT Acadêmica, e em versão impressa, pela Editora Patuá.

ESTÉTICA DO LABIRINTO: A POÉTICA DE MARCO LUCCHESI (2018)

IMG_1625-1.jpg